2 de abril de 2010

Whiskey Americano


“A forma mais barata e fácil de se tornar um homem influente e admirado pela comunidade em geral era ficar ao lado de um bar, usar um alfinete com uma penca de diamantes e vender whiskey.” - Mark Twain

O whisky não tem sua história limitada ao velho continente, sua fabricação atravessou o oceano de carona com as grandes conquistas no novo continente e ganhou mais uma forma tão saborosa quanto sua original, o Whiskey. Porém, engana-se quem acha que é só a grafia que difere o whisky do whiskey, pode-se dizer que eles assemelham-se somente pela cor caramelada e a forte lembrança que deixa na garganta.
Whisky original é produzido na Escócia (ou seria na Irlanda?), logo o whiskey é uma versão produzida na antiga colônia inglesa, conhecida como Estados Unidos da América, que no início de sua colonização recebeu muitos irlandeses e escoceses, além de britânicos, bem como seus gostos e cultura. Esses povos refugiados em tão estranha terra não queriam abandonar seus hábitos, ainda mais hábitos tão peculiares e saudáveis como a dose de whisky, mas digamos que a importação naquela época não era algo tão eficaz, então a solução foi começar a produzir tão bebida na colônia. Porém, com a diferença de solo é claro que tal solução não poderia ser tão prática quanto parecia ser.
Os irlando-escoceses, a essa altura a mistura de povos já era comum, que dominavam o processo de destilação do whisky resolveram plantar no solo americano as matérias primas necessárias para a produção, porém esbarraram na impossibilidade de ter uma boa turfa, responsável pelo gosto mais esfumaçado, porém logo descobriram a versatilidade do milho em combinações com lúpulo e a cevada, por exemplo.
Os primeiros registros de fabricação de Whiskey nos Estados Unidos é de 1866, pelo Jack Daniels, sendo a primeira destilaria registrada do país, o que explica o amor dos americanos com este whiskey em especial. Porém existem vertentes que dizem que o herói americano durante muito tempo sonegou impostos e vendeu clandestinamente seu whiskey, polemicas a parte, o que importa é que Jack Daniels foi o primeiro a registrar sua destilaria em Tennesse e desta forma fez do estado uma referência em produção de Whiskey americano.
Outro estado famoso por suas destilarias é Kentucky, estado onde se produz somente o Bourbon (51% milho), o mais famoso whiskey americano, mas existe também o Tennesse Whiskey (muito parecido com o Bourbon, porém a diferença está na filtragem feita com sugar-maple charcoal), além do Rye Whiskey (feito de centeio) e o Corn Whiskey (81% milho).
Apesar do enorme país somente estes dois estados estão autorizados a produzir whiskey nos Estados Unidos, os outros estados produzem vinhos, como Califórnia ou não tem atividade econômica relacionada com bebida.
Lendas, números, processos de fabricação e milho são alguns dos principais ingredientes da história do whiskey americano. Cheers!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário